Circuitos Megalíticos - Évora Megalítica - Capital do megalitismo ibérico

Os arredores de Évora, e sobretudo o território a Oeste da cidade, constituem, em termos peninsulares, a paisagem megalítica mais diversificada e monumental. A quantidade e as dimensões dos monumentos megalíticos de Évora relacionam-se, antes de mais, com a posição privilegiada deste território, em termos de transitabilidade natural: de facto, nos arredores da cidade, encontramos o único ponto em que as bacias hidrográficas dos três maiores rios do Sul - o Tejo, o Sado e o Guadiana - se tocam.

Os monumentos/sítios, que lhe propomos, não estão isolados. Só no distrito de Évora, conhecem-se, actualmente, mais de uma dezena de recintos megalíticos, quase uma centena de menires isolados (ou associados em pequenos grupos), perto de oitocentas antas e cerca de quatrocentos e cinquenta povoados "megalíticos". Existem ainda alguns raros exemplares de monumentos aparentados, os tholoi, e, na área da Barragem do Alqueva, foi recentemente descoberto um extraordinário santuário de arte rupestre, actualmente submerso.

   


2000 anos antes de Stonehenge:
O recinto megalítico dos Almendres.


As pedras solitárias:
O menir do Monte dos Almendres

  • Todas as rotas e circuitos, são acompanhadas por um intérprete do património.

    Contacte-nos

Mapa dos Circuitos

« Voltar | Topo da página | Imprimir página